Atividade enfatiza a ética esportiva

Os alunos do 6º ano (5ª série) do ensino fundamental estão lendo o livro Desprezados F.C., de Júlio Emília Brás, para a disciplina de Língua Portuguesa, ministrada pela professora Maria Luíza Guimarães. Mas a atividade não para por aí: os estudantes entraram em quadra para disputas entre as turmas, a fim de observar a reação de cada pessoa durante os jogos e colocar em prática o espírito esportivo. Esse trabalho foi supervisionado pelo professor Fábio Machado, de Educação Física.

O livro conta a história do time reserva do Colégio Metropolitano, o Desprezados Futebol Clube, que é escalado para disputar a final do campeonato intercolegial. Essa é a oportunidade de conquistar o respeito da torcida, formada por alunos e professores, além de melhorar a autoestima da equipe. Em sala de aula, os alunos do CAB discutiram sobre ética, pluralidade cultural, atividades físicas, entre outros assuntos. Na quadra, eles colocaram em prática o que aprenderam e começaram a lidar valores como respeito, consideração, liderança e coletividade.

“Essa é uma oportunidade de conversarmos sobre o bullying relacionado às habilidades esportivas. Muitas vezes, quem não joga tão bem fica escanteado, sem oportunidade de praticar. Em sala, conversamos sobre reconhecer os valores e compreender as limitações de cada um”, explicou Maria Luíza. Esse trabalho irá contribuir para a boa convivência entre os atletas durante os Jogos Internos. “É nesse momento, em que a competitividade estará acirrada, que queremos que eles pensem sobre esses assuntos e promova um revezamento entre os alunos”, frisou Fábio Machado.