Projeto estimula leitura e escrita

No ensino fundamental I, o recreio tornou-se um pouco diferente. Além das brincadeiras e lanches, os alunos estão dedicando tempo à leitura. Esse é um dos frutos que já podem ser colhidos através do projeto Semeando Leitores. Desde o ano passado, as crianças tinham a sua disposição cantinhos de leitura nas salas de aula e hall do prédio. Em 2011, a Sala de Leitura foi inaugurada, com espaço diferenciado da biblioteca, que foi reorganizada para favorecer os hábitos de estudo e produção textual.

“Estamos trabalhando com a perspectiva de que nós lemos para nos informar, para aprender e por prazer. Queremos estimular a leitura e a escrita, dentro e fora da sala de aula”, salientou a coordenadora pedagógica Válkia Chitunda. Para isso, os alunos estão participando da Roda de Leitura. A cada semana, eles levam para casa um livro diferente e comentam sobre o que acharam da história. Cada aluno, orientado pela coordenação, comprou dois livros, que serão compartilhados com toda turma. O processo de troca-troca seguirá ao longo do ano. “Dessa forma, cada estudante poderá ler mais livros, além dos dois que comprou”, explicou Válkia.

Em sala de aula, as professoras estão estimulando a produção de textos. No 4º ano, a professora Ruthe Lira orientou os estudantes, que juntos fizeram a poesia Novo amor (confira abaixo). “Foi legal, porque cada um pôde dar sua ideia”, disse Lucas Garcia. Cada turma também produzirá poemas.

Na sala de leitura, uma vez por semana, a professora Cínthia Jordânia também desenvolve um trabalho com os alunos. Algumas vezes a leitura é sobre uma reportagem do jornal. Em outras, a enciclopédia é a fonte das pesquisas. Livros de contos, fantoches, teatros também são usados na aula. “Tenho percebido que as crianças têm cada vez mais interesse de ler, criando novos finais para as histórias ou sugerindo novos títulos para os livros”, frisou Cínthia. “Os alunos também estão aprendendo sobre a importância de fazer silencio, para ajudar na concentração durante a leitura”, contou.

Os pais também estão convidados a se envolverem com o projeto. Dos dias 11 a 18 de abril, são os familiares dos alunos que virão ao colégio para contar as histórias. Mais informações na coordenação pedagógica: 2122.5581.

Confira a poesia Novo amor, do 4º ano:

Sou a luz do dia (Edson)
Que clareia o amor (Matheus)
Que quando anoitece (Vinícius)
Dá uma dor (Edson)

Preciso encontrar um remédio (Vinícius)
Para curar minha dor (Carla)
Ele pode ser claro ou escuro (Lucas)
Mas de todo jeito passa fervor (Thaís e Alyne)

Quando minha dor passou (Carla)
A luz do dia brotou (Artur e João)
E renova um novo sentimento (Clarissa)
Que se chama amor (Ruthe).